Automação tenta conquistar o público

Notícias

Ver todas as notícias           
Automação tenta conquistar o público

Em meio a tantos produtos de uso "popular", fabricantes mostram soluções para casa conectada.

Embora não fosse um evento de automação residencial, a CES 2014 também abriu espaço para soluções em torno do conceito de "casa conectada". Com a adesão do segmento de eletrodomésticos, o evento foi muito além dos tradicionais áudio+vídeo. E os principais fabricantes exibiram sua visão de como os diversos aparelhos de uma casa já podem se integrar.

Comandar uma máquina de lavar roupas ou um aspirador de pó, por exemplo, a partir do smartphone, inclusive quando se está longe de casa, já considerada uma aplicação banal entre os especialistas (a maioria dos visitantes da CES). Falta, no entanto, convencer o consumidor sobre o custo-benefício. É o que estão propondo Samsung e LG, entre outras empresas, que em Las Vegas mostraram eletrodomésticos de alta sofisticação.

A primeira apresentou um painel de parede chamado Lumen, que já vem preparado para acionar o ar condicionado, as câmeras de segurança, leds "inteligentes" de iluminação e qualquer aparelho doméstico compatível com redes Wi-Fi. A empresa anunciou que o Lumen (disponível também como aplicativo para tablet ou smartphone) será compatível com suas novas linhas de eletrodomésticos, inclusive.

Já a LG fez demonstrações de um protocolo chamado NLP (Natural Language Processing), pelo qual o usuário pode enviar mensagens de texto para acionar a máquina de lavar ou o aspirador de pó; mais: pode acessar o serviço HomeChat, pelo smartphone, para checar o conteúdo de sua geladeira.

A lista de aparelhos que podem ser integrados numa rede desse tipo é quase infindável. Além dos fabricantes, milhares de pequenas empresas (startups) ganharam este ano um espaço próprio na CES para demonstrar suas inovações e atrair investidores. Uma delas é a Canary, que criou o acessório ao lado contendo uma série de sensores e uma câmera de alta definição; os sensores monitoram tudo que acontece na casa, incluindo temperatura e qualidade do ar, e enviam informações em tempo real para o celular do usuário.

Na mesma semana da CES, a Google Inc anunciou a compra de outra startup, a Nest Labs, fundada por Tony Fadell, ex-diretor da Apple e um dos criadores do iPod. A empresa vem fazendo sucesso nos EUA com o Nest, um termostato sem fio que mede o consumo de energia de toda a casa; em sua versão mais avançada, o aparelho também detecta fumaça e problemas na rede elétrica, desligando imediatamente todos os aparelhos.

Fonte: Home Theater Express